sábado, 17 de julho de 2010

O TREM E O TEMPO

O trem é o tempo
Passando pela estação
O passaporte para o embarque
É o livro da absolviçaõ

A mãe natureza já brinca
Já não conta mais história
Pois terminou esse passeio
Nesta vida provisória

A roda do tempo não para
Tudo esta em evolução
Quem não embarca fica,
Para segunda deformação

O trem passa rápido em cada estação
Só embarca quem tem o livro na mão
O trem é veloz em cada estação
Outono, inverno, primavera , verão.

PÉROLAS SOLTAS DO ALÉM

Autora Odete PP

Leia o livro UNIVERSO EM DESENCANTO

2 comentários:

iranides disse...

Parabéns Odete!
Muito lindo o verso "O Trem e o Tempo". Uma verdade que não há contestação. O tempo urge e precisamos embarcar neste trem para subirmos. Continue com esse belíssimo trabalho de versar sobre a nova Fase da Natureza!!!

DIVULGANDO CR disse...

Salve, Odete! Suas poesias estão simplesmente lindas! Estamos fazendo um programa de rádio no DF, na Rádio Líder FM, 98.1 MHZ, site www.liderrecantofm.com.br, de 2ª a 6ª feira, das 13 às 14 h, onde vamos divulgar sua bela colaboração Racional. Meu email: raciocinar.sempre@gmail.com
O nome do nosso programa: ENCONTRO RACIONAL, que já tem um site, onde breve vamos disponibilizar os programas já realizados. Site: www.encontroracional.com.br Convidamos para que participe e crie lá seu espaço, como um orkut nacional. Basta clicar em "Register" e se cadastrar. Meu grande abraço Racional. Me mande, por favor, seu email.