quinta-feira, 4 de setembro de 2008

NETUNO

Tenho a virtude do mar
Tenho a virtude da terra
Sou regente circular
Sou um astro, sou esfera

Com meu brilho altaneiro
Posso reger tua emoção
Tocar a tua alma
E abrandar teu coração

Cada vez que me admiras
te dou uma piscadinha
Para saberes que também sou
Tua brilhante estrelinha

Fico feliz em poder, Contigo me comunicar
Junto com a Rainha lunara
Estou a te observar

Sou netuno rei do mar
Sou um astro da natureza
Revelo o inconsciente
Faço parte da grandeza

Tudo que tem vida, fala
No espaço sideral
Aguardo a tua volta
Pois também sou Racional.

PÉROLAS SOLTAS DO ALÉM
Autoria O.P.P

3 comentários:

Aroldo disse...

Parabéns pelo lindo poema sobre nosso Irmão de origem ....Netuno !!!

Agenor disse...

Muito lindo Odete!

Lazaro Nascimento disse...

Bem inspirada! Que a energia Racional ilumine sempre suas inspirações para que nos contemple sempre com belos versos da Natureza.