terça-feira, 5 de maio de 2009

CIÊNCIA DO NADA

O homem é um vago ser sem destino
Que vive só de ilusão
Vagueia como um peregrino
Desconhece a própria razão

Manda foguete para o espaço
Se diz grande sabichão
Sem saber dizer de onde veio
Sem saber para onde vão

O homem hoje é valente
Orgulhoso e prepotente
Amanhã arrasta os pés, já não anda
Nem seu corpo ele comanda

Da natureza desconhece os mistérios
Mais se diz um grande herói
Explora ouro,prata e minérios
E tudo que toca ele destroi

A mãe natureza revoltada
Derruba prédios, castelos, barracos e mansão
Ai a ciência não explica nada
A ciência é mais uma ilusão

Na ciência dos homens não esta a verdade
Por isso não define o destino da humanidade
A ciência das ciências
O contencioso universal
Provém do mundo Racional.

PÉROLAS SOLTAS DO ALÉM
Autoria Odete PP.

3 comentários:

Marc disse...

Todo o conhecimento ciência advem da própria e ela, por si mesma, é neutra. Porém, a humanidade realmente se acha muito com algumas migalhas de conhecimento. Migalhas, pois quanto mais descobrimos, mas o leque se abre e mais se percebem a imensidão dos mistérios a serem revelados. E haja, teorias, equações e gigantescos aceleradores de particulas.
O conhecimento científico nos trazem vários beníficios materiais, embora, por incopetência nossa, trazem prejuízos à natureza e cobrança vem sem dó, nem piedade.
Somos incompetentes porque somos ganancioso, egoístas, orgulhosos, burros e seguimos sistemas, leis, filosofias e religiões que não resolvem problemas. Quando pararmos de seguir o pensamento alheio e começarmos a raciocinar de verdade, vamos começar a usar essa ferramenta, que é a ciência, de maneira positiva. Mas sem raciocinar, sem conhecer sua verdadeira origem, fica difícil.

Anderson Fontes disse...

Minha cara
estou lhe presentiando com um selo que está em meu blog

http://linhasdoencontro.blogspot.com/

Espero que esteja feliz

Obs: Siga o que lhe for pedido

Abrçs

Anjo vermelho disse...

Adorei..
falou poeticamente do ser humano de sua essencia e de tudo que o envolve ..

beijos *-*